Categoria: Sem Categoria



Entrada Principal


Vista geral


Janela maximar, com aplicação de barras de ferro horizontais.


Porta interna de abrir, tipo placa lisa compensada, com aplicação de filetes na parte inferior e vidros subdivididos na parte superior. Madeira Freijó com acabamento lustrado natural.


Revestimento de portão de garagem basculante metálico, em Freijó, lambris verticais de 15 mm de espessura, com espaços para iluminação.


Portas de correr, em dois caixilhos para vidro e quatro folhas de venezianas sanfonadas.


Fachada lateral


Revestimento portão de garagem, em Freijó, lambris de 15 mm de espessura, com espaços de iluminação.


Porta de lambris CVA-45


Portão externo tipo CVA-45


Janela de correr em dois caixilhos, com 4 folhas de venezianas sanfonadas (modelo MSV-42). Em Freijó, com aplicação de impregnante “stain”.


Janela MSV-42, aberta.

Porta de entrada principal, modelo Colli, com laterais. A parte central mede 90 x 210, e as laterais 45 cm cada uma. Nas laterais, as partes superiores abrem, e as partes inferiores são fixas.


Entrada Principal


Janela maximar com barras de aço inoxidável


Janela de correr em dois caixilhos de 35 mm (modelo STA-35), com os caixilhos subdivididos por cordões de madeira.

Janela tipo guilhotina em 3 caixilhos, sendo o central fixo. O caixilho inferior funciona como contrapeso do caixilho superior. Madeira: Freijó


Janela de abrir e tombar, com ferragens importadas. Na posição aberta.


Janela de abrir e tombar com ferragens importadas. Na posição tombada.


Janela maximar, com caixilho inferior fixo.


Porta de correr em dois caixilhos, com fecho central retrátil. A espessura dos caixilhos é especial, para comportar o vidro duplo com micro-persianas entrevidros.


Obra Alphaville. Porta de entrada principal. Folha de abrir, tipo contorno maciço de 42 mm, com almofadas inferiores e vidros superiores.

 


Vista geral


Vista geral


Porta de entrada principal, em fase de conclusão, na fábrica, ainda com a madeira natural.


Porta de entrada principal, já instalada na obra, com acabamento em pintura branca.

 


Porta de correr embutida entre paredes, em dois caixilhos, com pintura branca.


Porta de correr embutida entre paredes, em três caixilhos.


Porta de correr embutida entre paredes, em três caixilhos.


Porta de abrir em duas folhas, com quadro maciço e almofadas em MDF.


Porta de correr em quatro caixilhos.


Porta em fabricação, com 4 caixilhos de correr para vidro, 2 caixilhos de correr para tela mosquiteira e persiana de enrolar, em alumínio em 3 esteiras, todas com motorização. Medidas: 480 x 240

 


Idem, já com as persianas instaladas.


Idem, pronta para entrega. Madeira freijó. Medidas: 480 cm x 240 cm.

Porta de entrada principal. Pintura branca pela face externa, verniz pela parte interna.


Porta de correr embutida entre paredes.


Detalhe guarnição e sócolo.


Detalhe guarnição e encabeçamento


Porta interna em Freijó com lustro natural. Contorno de 42 mm, com almofadas e molduras, com guarnições especiais, com sócolos e encabeçamentos.

Foto mostra uma das oito portas P-16, já na obra, após pintura, antes da instalação. Esta porta mede 2,80 m de largura x 5,90 m de altura. Todas as folhas abrem.

A foto mostra uma porta P-16, já instalada no vão. As esquadrias atualmente existentes permanecem. As novas são colocadas a 10 cm de afastamento das antigas, com vidros de 12 mm de espessura, de forma a proporcionar uma elevada atenuação acústica.

A reforma dos salões do Copacabana Palace Hotel foi concluída em agosto/2006. Vista parcial de um dos salões. A porta vista ao fundo mede 3,80 m de largura x 8,50 m de altura. Todas as folhas abrem. Os vidros são laminados de 12 mm, para melhor atenuação acústica. As ferragens empregadas procedem da Alemanha, dos Estados Unidos e de Porto Alegre.

Uma das portas dos banheiros dos salões.

Uma das portas internas, em duas folhas, com almofadas, com isolamento acústico.

Vista geral da obra

Janela maximar

Porta de correr, com persianas de enrolar

Catania